pra não esquecer...

Deu no Estadão: a Comissão da Verdade relatou, em sua farta documentação produzida, que as igrejas tiveram sim um papel chave no apoio ao malévolo golpe de 1964. Não me espanta que os babacas dos ratos direitosos que se escondem nas igrejas e que justificam os desvarios reacionários de suas mentes podres com textos descontextualizados da Bíblia tivessem essa cara-de-pau.

O que me dá nojo é saber que, pelo menos, dois clérigos metodistas, de minha igreja de origem, se encontram nesse lixo todo. Um bispo e um reverendo se ofereceram para virar informantes da Polícia, do DOPS. Se ofereceram para, voluntariamente, mandar suas ovelhas para o abate, usando o bibliquês.

Espero que os dois, ou, pelo menos, um deles (o Anivaldo Padilha, da Comissão da Verdade, teve a elegância de não divulgar ainda os nomes...não esperaria algo diferente, um gesto grandioso de um homem grandioso) estejam vivos. Sim, pois é importante que esses vermes sejam desmascarados diante da sociedade.

Não consigo me conformar com gente que se diz "de Deus" fazendo coisas tão demoníacas, tão cruéis, quanto mandar gente para a tortura, quanto delatar seus "pastoreados". De acordo com Anivaldo, havia um pastor metodista ciente das torturas. E como esse sujeito podia colocar a cabeça em um travesseiro e dormir? Se tinha filhos e filhas, como podia olhar suas crianças, sabendo que um pai de família, uma mãe de família, um jovem, uma jovem, estava lá, com o sangue vertendo, os choques nos mamilos e genitália, os vergões roxos deformando o corpo, olhos inchados de pancadas, punhos e tornozelos marcados de amarras e algemas...

Sr. pastor, se você ainda está vivo, faça uma gentileza: retrate-se numa igreja, neste domingo. Arrependa-se de sua crueldade. Peça perdão aos familiares dos que mandou pro abate. Ajoelhe-se no altar, e peça perdão às famílias que desmantelou, aos sonhos que sepultou. Peça perdão àquela mãezinha idosa que não pôde sepultar o filho, à esposa que não soube o que dizer às crianças quando o papai sumiu com os moços de farda. Eu não sei se sou evoluído o bastante para lhe perdoar, seu canalha desgraçado, mas Deus possivelmente o fará. Ou não.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

morfologia e histologia do Rim

biomembranas