2014....retro e perspec

Bom, falar de 2014...ano que nos tirou e trouxe coisas. Senão, vejamos...

Nunca antes neste país, como diria Luiz Inácio, a midiazona foi tão escancaradamente antipetista quanto no ano em que dona Dilma se reelegeu. Eleger uma mulher nessas terras machistas é um fenômeno. Partido de esquerda, ainda que acendendo vela pra tudo que é santo, ou não tão santo, se reelegendo, é no mínimo fenômeno para estudar profundamente. Eleger uma mulher, de esquerda, no quarto mandato entabulado pelo PT, e ainda por cima uma mulher que conheceu a tortura e a repressão... era demais pros hepatócitos das Vejas, Globos e RBSs da vida.

E eis que vemos o que vimos: a campanha deflagrada pelas capas cada vez mais escancaradas da revista da famiglia Civita, os pitacos do sr. Bonner "Boa Noite", jogando alfinetadas e comentários venenosos, além dos palpites e achologias internéticas e feicebuquianas vomitadas por muito anencéfalo virtual... Nunca antes neste país tanta gente escreveu contra a ameaça comunista da Dilma, dos bolivarianos, dos petistas, dos progayzistas, dos proabortistas, do corrupto do Chico Buarque que ganhou grana pra namorada e pro genro com lei de incentivo, dos vegans...faltou alguém?

Na Terra de ninguém chamada internet, avolumou-se o número de portais dedicados à cultura do ódio, "alertando" contra o golpe comunista bolivariano com argumentos que remontam à inteligência de Peter Griffin, Homer Simpson e outros do tipo. Nesse festim de imbecilidades, o fel de Felicianos e Bolsonaros pulula. Muita gente boa, de boa fé mesmo, acreditando piamente nas palavras desses canastrões. Só pra lembrar, Bolsonaro é aquele cara bacana que abriu fogo contra os fiscais do IBAMA ao pescar em área de preservação permanente no litoral fluminense. O mesmo cara que acha que a minha querida deputada Maria do Rosário não é "digna de ser estuprada", e babaquices do tipo. Quanto ao Infeliciano, é um dos mentores da cura gay e que afirmou que Mark Chapman foi um agente de Deus (n. do b.: pros novinhos, esse foi o cara que matou John Lennon), que "africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé", que o avião dos Mamonas Assassinas foi jogado na Serra da Cantereira por um anjo, que Caetano Veloso fez pacto com o coisaruim, falou mal do Mandela, enfim.... E tem o mauricinho-mor, Aécio, querendo virar nosso presidente...Deuzulivreguarde!!! Queriam eleger pra presidência essa turma?????

Por aqui, um emissário deles foi eleito. O gringo Sartori chegou lá, com o voto babaca e pseudo intelectualizado de muita gente, muita gente boa mesmo. O que eu ouvi de gente que dizia que "o governo Tarso é ótimo, mas eu vou de Sartori". Esquizofrenia eleitoral. E o cara promete, pois sua tropa de choque, digo, bancada já aprovou aumento de salários parlamentares, do primeiro escalão e por aí vai... Como diria JC, "perdoai, Pai, pois eles não sabem o que fazem". Ou não.


Kátia Motosserra Abreu de Ministra da Agricultura...isso lembra a saga de quadrinhos da DC Comics, onde o Lex Luthor entra pra Liga da Justiça com o Capitão Frio (n. do b.: inimigo do Flash)...premiar FdP que só ferrou com o ambiente, os indígenas, os campesinos. Ô Dona Dilma, não foi pra isso que a gente te elegeu! Nem o dono da Friboi curtiu essa!!! Ainda dá tempo de se redimir, o Juca na Cultura foi bola dentro das mais dez!!! Agora, dona Kátia e o Cid "jatinho com sogra" Gomes...tenha dó!

Ainda tem a tropa de choque artística. E tome Lobão (aquele cara que foi preso trocentas vezes por seus hábitos canábicos e cheiratórios), Roger do Ultraje (esse sim é inúteeeeellll!!!!), Ary Fontoura (o eterno lobisomem de Saramandaia termina o ano falando besteira...), Paulo Santanna (provocou a demissão do competente Kenny Braga e, de quebra, ficou feliz em Punta del Este, onde "não se vê negros", expondo um racismo dos mais abjetos), Davi Coimbra (sério concorrente ao troféu Mané do Ano, por defender o Santanna). E ainda a invasão de sertanojos, pagonejos e canastrões com vozeirão no The Voice of the Owner Brazil. Mais uma vez peço emprestado pro Jaguar do Pasquim o vomitador Gastão...tá explicada a pane do meu fígado!

O meu Grêmio e a nossa Seleção... campanhas medianas, chochas, um futebol triste numa copa linda. A Copa no Brasil foi um calaboca pros antipetistas que desceram o cacete na copa, ficaram dando corda pro complexo de vira-latas nacional, achando que só lá fora as coisas funcionavam. E né que deu certo, as ruas lindas, cheias de gente de tudo que é cor, naquele espírito do "tem crioulo e alemão" que Kleiton e Kledir cantaram na sua Maria Fumaça... Porto Alegre dos argelinos, alemães, coreanos, nigerianos, argentinos, australianos, holandeses. Em compensação, teve os 7x1. E enquanto eu pegava o café... GOOOOOOOOL DA ALEMANHAAAAA!!!!! Bem, o que esperar quando o primeiro gol na copa foi um gol contra do Marcelo, aliás, o primeiro gol contra que o Brasil tomou em uma copa. Realmente, nunca antes em uma copa o Brasil pagou tanto mico. A Seleção de Fred, Neymar e outros fez água legal... Há esperança com o Dunga. O cara tem a mão pra fazer um bom time pra Rússia, é só não ouvir a midiazona e ser ele mesmo. Já meu time...deixa pra trás!

E tem os que se despediram. Nico da Sbornia, Giba do Areal, Marlene do Rádio, Joe Cocker, Jair Rodrigues, Cybele do Quarteto em Cy, Lourdes Rodrigues, Paulo Goulart (mas podem me chamar de Rei Aslan de Nárnia), Robin Williams, José Wilker, Gabriel García Márquez, Ariano Suassuna, Paco de Lucia, Bellini (o capitão da primeira copa, que inventou o gesto de erguer a taça para o céu e para o povo), Di Stéfano, João Ubaldo Ribeiro, Rubem Alves, Plínio Sampaio, Ronaldo Mourão (grande astrônomo e divulgador científico), Hugo Carvana, entre tantos outros/as.

Bem... e 2015? Como falei pro meu chefe, é ano de trabalhar pra caramba, pois 2014 teve eleição, 2016 terá eleição. Há que mostrar o que se faz de bacana agora. Há que dedicar horas aos instrumentos e estudos, sem deixar o biólogo de lado. Há que tecer de cordas e chaves o som nosso de cada dia. Há que ser pai, marido, filho, amigo. Há que bater palmas à vida, como quem aplaudia o por-de-sol de Ipanema nos anos 70. Há que esperar o filme dos Vingadores 2, s Pinguins de Madagascar, o Grêmio tomar jeito, novas blogadas do professor Chassot, um novo CD do Milton Nascimento... Há que cuidar a glicemia sem perder a doçura da vida, e acalmar um fígado abalado. Há que esperar o nascente do dia Primeiro de Janeiro de 2015, trazendo as novidades de um novo ano.

Um abração, pessoal!





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

biomembranas

morfologia e histologia do Rim