Postagens

Mostrando postagens de Março, 2019

mata-ratos para os pobres!

Pois representantes da indústria tabagista procuraram o ilustre Ministro da Justiça, Sérgio Moro, para uma ação junto ao ministro da Fazenda para baixar a alíquota de IPI do que seria uma nova classe de cigarros de “baixo custo”. O tal cigarro popularmente chamado de "mata-ratos" seria uma resposta para concorrer com os cigarros paraguaios contrabandeados para o Brasil. Os mesmos sustentavam que os cigarros do Paraguai causavam não só prejuízo à indústria brasileira pela concorrência desleal, como também causavam um rombo na arrecadação. A alternativa indecente seria para que a indústria nacional entre no segmento de atender tabagistas de baixa renda. Claro, com apoio do Estado, para oferecer um produto muito mais nocivo aos mais pobres.
Primeiramente, vamos ao problema do contrabando. A solução para a "concorrência desleal do país vizinho" seria uma ação mais contundente contra o contrabando. Fazer valer a polícia na fronteira, e coibir que o lixo tóxico de …

Apresentando meu lado M

(Nota: o lado B é o Biólogo, que é bem conhecido da galera...)

Criar faz parte da essência humana. Somos seres que buscam expressar sentimentos, ideias e ideais, através de várias formas. A minha é a Música, a Letra. Meu nome é Carlos Augusto Borba Meyer Normann, brasileiro, portoalegrense, casado, pai, gremista, servidor público, humano. Os amigos e amigas simplificam, Guto Normann. Tenho 52 anos confessos, em breve 53, e dois diplomas de graduação em minhas duas áreas que chamam ao coração, Biologia e Música, além de um mestrado na primeira área e muito chão de sala de aula e serviço público na bagagem.
Tem um detalhe: sempre houve um músico ao lado do biólogo. Quem me conhece de verdade sabe! É esse lado de músico que potencializa a sensibilidade para a vida que é parte do biólogo. E, por haver o biólogo, foi viável que o músico estudasse, graduando em Música. Componho há um tempinho, desde que comecei a dedilhar o violão. Assim, eu busco a sonoridade urbana com a cara de Porto Alegr…

Nomes peculiares de igrejas...

Pessoal,

DE vez em quando a gente se depara com nomes bem ... digamos... criativos, de denominações religiosas por aí. Tá bom, o nome "metodista" vem de uma zoação dos colegas de John e Charles Wesley, na época devia soar engraçado pra eles, em todo caso,divido com os nobres leitores e leitoras alguns nomes bem peculiares de igrejas por aí, com nossos comentários em vermelho.

1 Assembleia De Deus Do Pai, Do Filho E Do Espírito Santo(e do amém) 2 Assembleia De Deus Pavio Que Fumega (fogoooo) 3 Associação Evangélica Fiel Até Debaixo d’água (glub, glub...) 4 Comunidade Arqueiros De Cristo (reverendos Clint Barton e Oliver Queen) 5 Comunidade Do Coração Reciclado (isso aí! ecologicamente correto!!) 6 Comunidade Evangélica Não Há Deus Maior (e tem menor?) 7 Comunidade Porta Das Ovelhas (bééééé) 8 Congregação Antiblasfêmias (sem comentários...) 9 Congregação J.A.T. (Jesus Ama A Todos) (M.T.A.U.B.: mas te acha um bundão) 10 Congregação Passo Para O Futuro (cuma?) 11 Congregação Ple…

quando eu soltar a minha voz, por favor entenda....

...que palavra por palavra, eis aqui uma pessoa se entregando, diria o Moleque de São Carlos, grande Gonzaguinha. E sonhos não envelhecem. Essa foi escrita por Lô Borges, Márcio Borges e Milton Nascimento, em uma de suas mais lindas canções, "Clube da Esquina no. 2". E é fato. Desde que comecei a me interessar por música, alimento a vontade de querer mais, de querer saber mais, me aperfeiçoar na coisa toda... Se os primeiros acordes vieram, lá na adolescência, vencendo o desafio de ser canhoto e usar o violão como destro, eles logo tomaram corpo. A influência do ambiente da igreja ajudou a ter um motor para ir atrás. Não que significasse algo fácil. Não que igreja seja garantia de bondade humana. Muitos "nãos" ouvidos. Muita portas fechadas. Muito desdém. Muito "ah, fulaninho toca"... Mas faz parte... Doeu, mas tô vivo. Encadeamentos, harmonias, chord-melodies, aos poucos vão se achegando. O gosto pessoal pela MPB me fez ir atrás de saber mais, de tocar…

refletindo...

Pois é.
Avisados foram.
Pessoalmente, a única arma que utilizo é o cérebro, pois dá para confiar nele.
"Ah, mas se um vagabundo vem ameaçar a tua família, tu tens que estar preparado para dar um tiro na cabeça dele, afinal é um vagabundo e tu és uma pessoa de bem".
Quantas vezes se ouve isso. Esse maldito discurso de ódio às pessoas, que virou moda, junto com o obscurantismo intelectual, o terraplanismo, a chuva dourada e ter guru sem ensino fundamental completo posando de filósofo...
Não estou, nem pretendo, defender criminosos. Seja de colarinho branco, preto, petit-pois ou gola careca, devem se ver com as devidas autoridades. Desde o ixperrto que rouba senha de idosos no caixa automático, quem matou e quem mandou matar a ilustre vereadora carioca, até quem acredita que barragens mal feitas seguram rejeito de mineradoras, todos são criminosos. Não os defendo, antes que venham com o discurso de que "quem é de esquerda que leve os bandidos pra casa".
Desde que ho…