mesclando poemas...

No meio da noite,
um resto implorando caminho!
O que vê?
A necessidade de caminhar,
porque a Luz-Guia
se faz clarão ao andar...

Vida que anda por um fio,
diz quem sabe. Pode andar,
contanto (vida é milagre)
que bem cumprido o meu fio

Faz escuro, já nem tanto
Faz escuro, mas eu canto
Porque amanhã vai chegar!
faz escuro mas eu canto,
porque a manhã vai chegar.
Vem ver comigo, companheiro,
a cor do mundo mudar.
Vale a pena não dormir para esperar
a cor do mundo mudar.
Já é madrugada,
vem o sol, quero alegria,
que é para esquecer o que eu sofria.
Quem sofre fica acordado
defendendo o coração.
Vamos juntos, multidão,
trabalhar pela alegria,
amanhã é um novo dia. 

(mesclando Thiago de Melo e padre Josimo, mártir da Pastoral da Terra) 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

biomembranas

morfologia e histologia do Rim