respondendo a racistas babacas (pleonasmo)

A atriz Cris Vianna, assim como outras atrizes, cantoras, apresentadoras, jornalistas e assemelhados, foi a mais nova vítima da vez de injúrias raciais feicebuquianas. "Sua primata africana", diziam uns. Bom, primata todo ser humano é. E, partindo do princípio de dona Lucy ter sido encontrada em terras etíopes, todos nós somos primatas de origem africana. Afinal, aquele continente lindo é o berço da Humanidade, o registro paleontológico é bem claro. Se o idiota queria ofender à competente e bela atriz, se deu mal. Eu sou primata, você é primata, qualquer pessoa da espécie Homo sapiens e suas subespécies (neanderthalensis, sapiens, idaltu) é Primata. Tenho dieta onívora, pegada plantígrada, polegar oponível, entre outras características morfológicas que me aproximam dos társios, lêmures, micos, mandris, chimpanzés e outros simpáticos priminhos. Chamar uma pessoa de primata é mais ou menos como xingar um cachorro de... cachorro. Ou seja, os retardados ofensores (o que esperar de racistas?) só deram um atestado de burrice e imbecilidade, com isso.

Vamos ao rosário de ofensas novamente..."Já usou esse cabelo para lavar a casa hoje, Africana?", "Parece o Bombril que minha mãe usa na pia". Foi o que disseram. Bem, se eu não honrasse a educação que minha pequena e heptuagenária mãe me deu, eu diria que a atriz utiliza certos pelos da mãe dos ofensores, situados em locais ocultos da luz do sol via de regra, nas lides domésticas. Sim, pois os pelos pubianos das senhoras mães desses racistas idiotas devem ser mais adequados à lida domiciliar do que os belos crespos da ofendida.

Outra coisa: há um equívoco de Filogenia aqui. Ora chamada de primata, ora chamada de porco-espinho, ainda não tiveram consenso os nada sapiens. Pelo jeito, além da atávica burrice de racistas que o são, ainda devem confundir os espinhosos roedores, de fato africanos, com primatas. Idiotas escrotos, porco-espinho africano é ROEDOR! Racistas e seres humanos de verdade são PRIMATAS!

Dá nojo ver que ainda tem gente que usa assim a grande porta-de-geladeira virtual chamada Feicebuqui (sim, a gente pendura recados, fotos, que nem na porta da geladeira de casa, né?). Gente mesquinha, burra, escrota mesmo. Quando vejo Clarinha de braços estendidos e sorriso meigo para a negra profe da escola, toda feliz, me orgulho de minha pequena. Vejo que há esperança pra Humanidade. Que nem todos ficarão usando uma ferramenta tão legal de relacionamento pra ofender a partir de coisas tão nojentas quanto as teses nazistas de "superioridade racial" e outras cocoroquices. Racistas do mundo, uni-vos....assim ficará mais fácil para vaiá-los!




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

histologia - pulmão

biomembranas