cuidado: cães raivosos na rede

Há pouco fui ler uma matéria postada por Dom Orvandil Barbosa. Sou grato a ele por ter, num encontro de juvenis da igreja Metodista, lá nos idos de 1900 e lá vai tiro, ter feito ver que a fé cristã, a indignação com as mazelas da sociedade e o questionar sempre andam de mãos dadas. A vida deu suas voltas, mas Dom Orvandil segue sempre crítico, escrevendo muito, lecionando, pensando e ajudando a pensar.

Leio as matérias que ele colocou no portal Brasil 247 (http://www.brasil247.com/). Textos bem estruturados, argumentação sólida, para ler e pensar. Minha surpresa foi ver a quantidade absurda de gente que dedica tempo a ofendê-lo, e a quem concorda com suas ideias e ideais. O fel chega a escorrer pela tela do computador, tamanho o ódio coxinha que aparece a cada texto de Dom Orvandil. Expressões que nem sabia que eram usadas ainda, como "padre vermelho", "padreco de passeata" e outras ofensas são comuns nos textos garranchados por gente que, pelo jeito, prefere adquirir a "verdade" globética, ou idolatrar os Moro da vida.

Infelizmente, o "tempo da delicadeza" de Chico foi pra longe. Uma direita cada vez mais raivosa faz uso da tecnologia, esparramando mentiras e destilando sua raiva. Cada vez que vejo a pobreza de argumentos dessa ralé, me dá um embrulho no estômago...

Força, Dom Orvandil! É preciso que vozes proféticas sigam tendo espaço e vez, contra a corja de hidrófobos direitistas! Um abração!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

morfologia e histologia do Rim

biomembranas