...

Não me pergunte. Hoje algo me rouba o sonho e um estado pensativo toma conta de meu ser. Neste momento, sinto o peso de rochedos eternos puxando meu sorrir para baixo. Farei coisas boas, terei uma segunda mais leve que as últimas dez pregressas, tenho uma palestra para dar, mas nem tudo isso me faz desaparecer a sensação de fossa, de "algo está errado"...

O sono está longe de tomar conta de meu corpo, não defino se quero o toque de cobertas ou se apenas o toque da madrugada me embalará uma noite a cada minuto mais curta...tento chamar o sono, com a persistência de quem liga para um tele-serviço.

Preocupações. Perguntas. Uma nova semana se achega. Vamos ver que respostas ela traz...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

morfologia e histologia do Rim

biomembranas