censurado

Ela voltou. A tesoura implacável. O Cale-se no lugar do Cálice. Uma liminar concedida pelo juiz Hilmar Castelo Branco Raposo Filho, da 21ª Vara Cível de Brasília, em ação aberta pelo Palácio do Planalto, obrigou o respeitável jornal Folha de S.Paulo a tirar da sua página uma reportagem. Nela, é descrita a chantagem que um hacker que atende pelo nome de Silvonei de Jesus Souza teria feito contra a dona primeira-dama-barbie, Marcela Temer, em 2016. Sei lá o que o cara teria pra "jogar o nome" do emetê na lama. Se sabe é que a primeira-barbie foi chantageada pelo digníssimo Zé Ruela de plantão. Num processo excepcionalmente rápido pros padrões brazucas, Souza foi condenado a cinco anos de prisão em regime fechado, e joguem a chave fora!! Na sentença da juíza Eliana Cassales Tosi de Mello há pistas de que a clonagem não tinha ligação com fotos íntimas da primeira-dama, como foi divulgado inicialmente. Então tá.

A sentença que dá o calaboca na Folha, emitida pelo juiz Hilmar Castelo Branco Raposo Filho, reforça que os fundamentos apresentados pela defesa da primeira-dama são "relevantes e amparados em prova idônea". "A inviolabilidade da intimidade tem resguardo legal claro", diz o despacho. Ou seja, não mexam na intimidade de quem tem caneta pesada!!!
Aí vemos duas coisas: que alguns são mais iguais que outros nesse país e que ainda existe, sim, censura. A vanguarda do atraso volta a patrolar e patrulhar a imprensa livre deste país... Quero saber onde isso vai parar...ou não...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

biomembranas

morfologia e histologia do Rim