zoação pronta para meus amigos e amigas colorados/as....

Cara, como diria José Simão, estamos no país da piada pronta! Essa deu no site do Globoesporte (http://globoesporte.globo.com/am/futebol/noticia/2016/12/de-olho-na-renda-princesa-lamenta-jogo-com-inter-pela-copa-do-brasil.html): o glorioso e (para nós do sul maravilha) pouquíssimo conhecido Princesa do Solimões, equipe amazonense sediada na cidade de Manacapuru, a 86 km da capital amazonense (ou seja, longe pra dedéu), será o adversário do mais novo time da Série B do Brasileirão, o Glória do Desporto Nacional. 

Até aí, tudo bem, é comum que, nas primeiras etapas da copa do Brasil, os jogos se pareçam com a continuação do filme Bye, bye, Brasil, com direito à bela música tema do Roberto Menescal e Chico Buarque. Os nomes das equipes e suas sedes parecem a prova de Geografia Física do Brasil de vestibular, e dos bem cascudos... Mas vamos lá, o Tubarão do Norte, como o Princesa é chamado, merece nosso respeito e carinho, beleza!

Legal foi o que o presidente do clube, sr. Modesto Alexandre, falou, ao lamentar a falta de atratividade dos coloridos, ops, colorados, para a galera amazonense. Como ele falou: "Precisávamos de outro adversário. Falo isso em questão de torcedores. Claro que se fosse Vasco, Flamengo, São Paulo ou Corinthians, seria outra história em termo de público. Precisávamos de um time tenha mais identidade com a nossa Região", disse o cartola da equipe manacapuruense. 

Alexandre também comentou sobre o estádio preterido para sediar o duelo. A preferência é gloriosa Arena da Amazônia, em Manaus, bonitona, feita pra Copa de 2014. O problema é arcar com as despesas do local, que podem atrapalhar o planejamento da equipe modesta do Modesto. 

O que eu achei mais bacana, além da gloriosa esnobada nos vermelhinhos do sul (o Princesa também usa vermelho), foi o que ele falou sobre a possibilidade de ir adiante. Pelo critério de ranking, o Inter joga pelo empate contra a brava equipe amazônica. Porém, olha o que o (nada) sr. Modesto falou sobre a qualidade do rival, ao afirmar que é possível surpreender e avançar à segunda fase e partir para o confronto com Oeste(SP) ou  Friburguense (RJ) na segunda fase:"não tem jogo fácil. Todo jogo é um momento individual. Por isso futebol é assim, emocionante. Não vejo como azar, faz parte do jogo. Mudou a estrutura da Copa, agora é um jogo só, e podemos sim ser vencedores". Senti firmeza! E nossos amigos da padre Cacique seguem sua senda de vitórias, só que não....

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

morfologia e histologia do Rim

biomembranas