dia do professor/a

O Dia do Professor remonta o dia 15 de outubro de 1827. Nesse dia, dom Pedro I baixou um Decreto Imperial criando o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, era previsto que "todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras". Esse decreto já falava na descentralização do ensino, no salário dos professores, quais as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A ideia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima - caso tivesse sido cumprida... 120 anos após o referido decreto, em 1947, ocorreu a primeira comemoração de um dia efetivamente dedicado ao Professor.

Me criei vendo o arrocho que era impingido aos docentes, em termos salariais. Minha mãe foi daquelas que acampou na Praça da Matriz, tentando sensibilizar a Assembleia e ao então governador Pedro Simon. Aliás, suspeito que, na minha família, tenhamos poeira de giz ao invés de glóbulos brancos, no sangue. Irmã, mãe, tias, primas...vários e várias que dedicam seu tempo a ensinar e aprender, dialética missão que vai e vem.

Pela primeira vez em quinze anos, estou sem uma sala de aula em meu 15 de outubro. Hoje voltei a ser aluno, mas sinto imensa saudade de ser docente. Ser professor dá significado especial a minha vida. É meu sacerdócio, minha devoção. Amava dar aulas, criar formas novas de ministrar os velhos e sempre renovados conteúdos. Quem sabe um dia volte ao outro lado da sala de aula. Por enquanto, ficam as saudades...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

morfologia e histologia do Rim

biomembranas