para minhas filhas

http://www.youtube.com/embed/VejQcrXzI0U?

Para pensar.
Eu sou pai de duas lindas meninas, uma garotinha de dez anos e uma linda bebê de onze meses.

Hoje, várias meninas, com a idade entre Clara e Sophia, terão seus lábios, clitóris ou ambos removidos de forma cruenta, com navalhas mal afiadas, oxidadas, sujeitando-se à dor, humilhação, infecções, quem sabe à morte, quer por hemorragias, quer por doenças assim adquiridas.

Hoje, sem qualquer justificativa que não o escroto e nojento machismo, perpetuado não só por homens, como também por mulheres, rouba a identidade sexual de menininhas e mocinhas.

Hoje, me revolta o estômago ler e saber que essa prática milenar ainda persiste.

Há quem diga, "veja bem, é costume cultural, não devemos intervir". Se é assim, o Brasil era povoado por nações que tinham como costume cultural devorar carne humana, quer fosse de inimigos ou dos mais valentes de seus valentes. Será que alguém topa a volta de tal costume cultural?

Hoje, meninas crescem para virar moças e mulheres tristes, sem vida sexual prazerosa, fadadas a serem "máquinas de parir descendentes" para escroques "maridos" arranjados a peso de dinheiro e bens.

Hoje é momento de pensar. Ah, é na África, é no mundo árabe, é longe... Sim, é longe. Mas a solidariedade nos aproxima, e a indignação nos une.

Que esse hábito nojento seja banido, que as nações decentes façam o que puderem fazer, para que as mocinhas e meninas possam vir a ser mulheres em pleno sentido da palavra! Não à falsa "circuncisão" feminina!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

biomembranas

morfologia e histologia do Rim