luto pela amiga Daida

Me lembrei hoje que em 2001, houve o forum social mundial em Porto Alegre. Nessa ocasião houve, no Colégio Americano, o encontro inter-religioso. O encerramento seria feito pelo pessoal da Brahma Kumaris, cuja representante no evento era a dra. Aida Glüer. Na ocasião, eu só sabia que era "aquela moça de óculos e olhar tranquiilo".
Por uma mancada da produção, as cortinas não abriram para que as meninas do BK se apresentassem. Típico...
Tive um daqueles meus rompantes e me agarrei nas cortinas, abrindo-as na marra. Quem conseguiu ver a apresentação, achou lindo. Me lembro do abraço dela, agradecendo e achando o máximo a atitude "impulsivamente doida e prestativa"...
Por algumas dessas idas e voltas do destino, acabei sendo o pai da sobrinha mais nova de Aida, a Sophia. Mesmo que a "teoria dos lados" do Ziraldo tenha se feito valer, sempre tivemos uma relação muito amistosa, muito carinhosa. Sempre admirei essa mulher, médica formada pela então FFCMPA, hoje UFCSPA, que descobriu e desenvolveu sua espiritualidade no Brahma Kumaris, que fazia suas palestras onde o silêncio permitia a todos ouvir sua voz suave e baixa, desproporcional a seus quase 1.70 de altura.
Sophia a chamava sempre de "Amiga Daida". Era um pacto das duas. Era algo que as aproximava, as tornava cúmplices.
Agora, Daida e Nice estão juntas. Mais um ponto de luz no universo. Deus te guie pela sua jornada, dra. Aida Maria Glüer!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

morfologia e histologia do Rim

biomembranas