hã?? de que mesmo???

Confesso. A fim de encostar o estômago e de quebra levar um desses brinquedinhos que é ofertado no "pacote", eu e Karina consumimos o tal McLanche Feliz (não sei onde está a felicidade ali, em todo caso...). Atenciosamente, o rapaz do caixa veio nos informar que "de menina só tem a Mulher Maravilha".

Pausa. Isola a vontade de arremessar a caixa registradora o mais longe possível. E solto o verbo. "Amigo, quem disse que meninas não podem brincar com o Arqueiro Verde ou o Homem-Borracha? Minha filha adora o Homem de Ferro e o Thor! Eu sou do gênero masculino e sou fã de apitinho da Mulher Maravilha!!" E segue a nossa catequese misturada a discurso pra todo mundo ouvir o que deveriam ter ouvido há muito tempo.

Se é algo que me deixa doido é essa mania sexista de criar "brinquedo de menina e de menino" separados. Caraca, a Sophia e a Clara, ao seu tempo e jeito, curtem heróis de todos os gêneros, seja no brinquedo ou cinema! Sophia não perde nenhum lançamento dos filmes com temática de heróis, e Clara brinca direto com vários personagens, sem olhar o gênero, dentro de seu universo de brincar, o que é maravilhoso!! Sabe, é algo de gente evoluída que não tá nem aí para o que a sociedade impõe como "papéis sociais de gênero" e papagaiadas do tipo.

Se seu filho curte brincar de boneca, não tente se enforcar, comer um croquete de boteco ou perguntar "onde foi que eu errei?", ele está sendo feliz, exercitando sua sensibilidade e curtindo pra caramba! Meninas no futebol? É gol mesmo, deixa jogar, quem sabe uma nova Martha não está aparecendo? E de preferência jogo misto, meninos e meninas, que nem no vôlei. Quantas tardes legais passávamos jogando vôlei com amigos e amigas, onde hoje é a Biblioteca do Colégio Americano? Nunca joguei porcaria nenhuma, mas sempre nos divertíamos!

Definitivamente, não existe brinquedo de menino e brinquedo de menina. Existe brinquedo. Quem vai brincar, pode ser até eu mesmo, afinal de contas, no dizer de Mário Quintana: 
"Mas, ai,
Embora idade e senso eu aparente
Não vos iluda o velho que aqui vai:
Eu quero os meus brinquedos novamente!
Sou um pobre menino… acreditai…
Que envelheceu, um dia, de repente!"


minhas duas filhotonas, com o sorriso zoeiro da Sophia e a Clarinha dando sua opinião bem correta e altamente qualificada sobre os caretas que insistem com esse mantra de que existe "brinquedo de menino e brinquedo de menina"...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

biomembranas

morfologia e histologia do Rim