eu não curto mesmo!

Ontem, vi uma cena que me revoltou o estômago. Duas pessoas de minhas relações, há bastante tempo por sinal, se digladiando via rede social pelo simples fato de uma delas ter colocado uma postagem onde, em tese, pedia a quem fosse partidário de um certo candidato a candidato à Presidência da República se retirasse de sua conta pessoal. A outra, se sentindo ofendida, colocou-se a defender o inominável candidato à presidência da República com unhas, dentes e alma, ofendendo sua interlocutora como fascista, intolerante e disseminadora de cultura do ódio. 

É, estamos falando daquele deputado que você está pensando, que faz apologia ao estupro, ao racismo, que é contra demarcação de áreas quilombolas e indígenas, que qualifica pessoas afrodescendentes em unidade de peso utilizada para bovino de corte (arroba), que faz apologia ao armamento para ruralistas utilizarem contra o MST, que prefere expulsar indígenas de áreas por causa de recursos minerais, que quer barrar o país aos refugiados...já esta de bom tamanho, embora seja apenas a ponta de um iceberg.

Veja como são as coisas. Um ataque de proporções inominadas a uma pessoa, em rede social. E o bombardeio se seguiu, e as desqualificações também. E a claque sequiosa de sangue se manifestou, desvalorizando a pessoa atingida, de forma covarde. Esqueci de falar: a pessoa atingida, no ano passado, passou por procedimento cirúrgico bastante delicado, na região encefálica. Graças a Deus deu tudo certo, apesar da delicadeza do processo. E, ao invés de a pessoa que saiu vociferando perguntar para sua interlocutora como ela vai, como andam as coisas, etc, progrediu como caminhão sem freios ladeira abaixo, desqualificando-a e ofendendo, dizendo que ela praticava um "discurso de ódio" e desqualificando os amigos da pessoa.

Que Deus tenha pena dessa pessoa. Desqualificar alguém, agredir nesse nível, é algo que não dá camisa para ninguém. Não vou citar os nomes por questão de elegância e respeito. E, sim, concordo que a saída para o país não passa por eleger um celerado de direita, de comportamento nada recomendável, cuja claque insiste em chamar de mito... Sou totalmente contra a eleição desse ser, ele sim, praticante de um pesado discurso de ódio, para qualquer cargo possível e imaginável!

Comentários

  1. bah, Maga, eu nem bolso mais tinha a essa altura dos fatos. Defender esse crápula, olha, é perder a noção e o senso. O problema é que eu temo que a classe mérdia, ops, médiocre, ops de novo, média, vá votar nesse monstro, como fizeram com o Collor, e deu o que deu...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

biomembranas

morfologia e histologia do Rim