força, Luiz!!!

Uma vez a hoje enfermeira e sempre aluna Vera Beatriz Oliveira fez um depoimento emocionado durante a campanha de releição do presidente Lula. Se já não fosse ele o dono de meu voto, a partir daquela fala o seria. Sem os incentivos tipo FIES, PROUNI e outros a pessoas empobrecidas, para fim de cursar uma faculdade, continuaríamos a ter aquilo que as palavras do amigo Ciro Fabres Neto definiam como "fantasia ou ficção". Muito foi feito na gestão do presidente Lula pelas pessoas empobrecidas. Por mais que se fale mal das bolsas escola, família e outras, esse dinheirinho ajudou muita cidade pequeninha a ter giro econômico, tirou da fome total muita família e ajudou a diminuir um pouco as severas desigualdades. Ou seja, melhorou as coisas pra quem não era nem estatística...Questiono, pessoalmente, muitas ações de seu governo, em especial na área ambiental, onde o afã de desenvolver nem sempre respeitou o ambiente. No entanto, pode-se dizer que as estatísticas fazem jus a um governo popular, como poucas vezes tivemos no Brasil.

Mas...quem é ele? De origem pobre, o retirante Luiz Inácio saiu de Guaranhuns e foi morar em São Paulo com a família. Infância difícil, conseguiu, a pau e corda, concluir seu curso de Torneiro Mecânico no SENAI. Aos poucos, se fez líder sindical, presidente de sindicato, tendo sido responsável por liderar as primeiras greves dos metalúrgicos nos estertores da ditadura, o que lhe custou cadeia, processos e a ficha no infame DOPS.

A dor lhe deu forças. A perda da mãe, da primeira esposa (grávida), tantos reveses...reconstruiu sua vida, com a dona Marisa, e acabou eleito deputado constituinte. Ousou se candidatar a presidente contra a opinião da Globo, inventora de Fernando Collor, e foi humilhado com aqueles malditos debates arranjados pela Vênus Platinada. A História fez justiça, o pimpolho mimado da Globo saiu antes de ser impechado, veio outro Frankenstein: FHC. Dois mandatos, mas Lula perseverou, se elegendo enfim. Deixou o Planalto com uma aprovação impensável de 80% dos brasileiros!!!

Agora, um tumor, decorrente certamente de anos de tabagismo, assusta um sujeito que amargou perseguições, prisões, fome e o escambau. Mais um desafio para quem encarou e superou tantos outros...

Infelizmente, sempre tem algum anencéfalo que escreve alguma gracinha nos feicebuquis e tuíteres da vida, soltando foguete pelo câncer alheio. De tais espíritos de porco, sembro que câncer é uma doença séria demais para se brincar com tanta leviandade, e que é algo que jamais pode ser desejado a outrem, por mais que se discorde das posições e ações dessa pessoa.

Força, Luiz Inácio!!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

histologia da próstata masculina

morfologia e histologia do Rim

biomembranas